30 junho 2016

1 - Controle - Planejamento Financeiro


.    O Controle


Quando tomamos a consciência de que precisamos fazer um controle financeiro, geralmente é porque não temos mais ideia para onde o dinheiro está indo. Nesse caso, o primeiro passo é analisar o quanto ganha e anotar todos os gastos sem exceção do mês.


Para fazer o balanço, é preciso anotar toda e qualquer entrada de dinheiro que você tem durante o mês.

    Seu salário; Um empréstimo que fez; alguém que te pagou uma dívida; uma venda que realizada, etc.

Toda entrada de dinheiro deve ser anotada, mesmo que seja um valor pequeno, como 5 reais. Porque no fim é possível saber a porcentagem que gastou comparado com o que ganhou.

    Se você teve uma entrada de: R$1000,00
E gastou o valor de: R$700,00
O valor gasto é de 70% da renda do mês.
Sobra 300 reais para fazer o que quiser.
     Se você teve uma entrada de: R$1250,00
E gastou o mesmo valor de: R$700,00
O valor gasto é de 56% da renda do mês.
Sobra 550 reais para fazer o que quiser.

Mesmo tendo gasto a mesma quantidade, como um mês teve mais entradas que o outro, uma maior porcentagem de dinheiro sobra no fim do mês, que pode ser depositado numa poupança, um passeio, ou num investimento.

    Se você teve uma entrada de: R$1000,00
E um gasto de R$700,00
Mais uma parcela de 150 de uma compra, e 200 e uma parcela de uma loja.
O Valor gasto é de R$1050,00
O gasto excede 5% da renda no mês, isso que dizer que no próximo mês você já começa com uma renda de 100% - R$50,00
Se isso se repete no mês seguinte a divida só aumenta, pois a renda tende a permanecer a mesma (poucas entradas além do salário). A solução é ou aumentar a renda, ou diminuir a divida. Em primeiro momento o mais rápido e fácil é diminuir a dívida.

 Mês 1 




 Mês 2 


A economia no que se obteve no mês foi de R$265,00. Se for o objetivo fazer uma viagem ao exterior em dois anos economizando esse valor em cada mês, o valor que se obteria para a viagem é de R$6.360,00. É um valor considerável e nada impossível de se alcançar, desde que haja planejamento prévio.

Numa analise dos gastos de cada mês, visualiza-se melhor qual gasto é desnecessário que tira o dinheiro daquilo que é realmente importante ou do objetivo que quer atingir. 

Essa foi a primeira parte da série de postagens sobre Planejamento Financeiro, todas elas estão baseados no Plano Financeiro Pessoal que está disponível para venda a R$6,00. Nele há printables de impressão para auxiliar você a sair do vermelho. Cada página pode ser impressa quantas vezes forem necessárias e você terá plena noção para onde seu suado dinheirinho está indo.

A folha de controle vista nessa página está disponível para download AQUI, de forma gratuita. Se não quiser perder nenhuma postagem não esqueça de curtir a Página no Facebook.

Bjs e até mais.
Parte 1 - O controle
Parte 2 - Orçamento
Parte 3 - Balanço Anual
Parte 4 - Poupança
Parte 5 - Metas
Parte 6 - Gasto Semanal
Parte 7 - Cartão de Crédito (final)
Printables Plano Financeiro Pessoal


Mineira, chocólatra, viciada em pão de queijo e estudante de Direito. Amante de viagens e organização que sonha em conquistar o mundo com a mesma intensidade que assiste séries na Netflix.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, pergunta, sugestão, critica para que o blog evoluindo. Beijos!